sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Corrupção: O maior caso de pagamento de suborno da história

Clique aqui e acesse os acordos de leniência das empresas "Odebrecht" e "Braskem" firmados com Departamento de Justiça Americano do considerado, pelos americanos, como o "maior caso de pagamento de suborno da história".

Sobre o acordo, em síntese, saiba ainda:
  • Última Notícia: 9 verdades e nenhuma mentira sobre as delações da Odebrecht - Fonte: Veja;
  • prever o pagamento de multas de quase R$ 7 bilhões e revelar fatos ilícitos praticados no Brasil, Estados Unidos e Suíça. Sendo pago o total de R$ 6,95 bilhões, onde: o Brasil ficará com R$ 5,3 bilhões (ressarcir as vítimas) e Estados Unidos e a Suíça dividirão R$ 1,650 bilhão;
  • resulta de cerca de 60 investigações criminais sobre corrupção envolvendo a Petrobras;
  • a empresa Odebrecht admitiu ter pago US$ 788 milhões, o equivalente a mais de R$ 2,6 bilhões em propina em mais de 100 projetos em 12 países (Brasil, Argentina, Angola, Colômbia, Equador, México, Moçambique, Guatemala, Panamá, Peru, República Dominicana e Venezuela);
  • a propina foi paga a funcionários públicos, partidos e políticos, além de candidatos ("tudo em troca de vantagens nos negócios"); e
  • no Brasil, a propina chegou a US$ 349 milhões, mais de R$ 1 bilhão entre 2003 e 2016.
A repercussão sobre o acordo é mundial, como mostra alguns meios de comunicação:

-Portal Terra: Odebrecht: Entenda o maior caso de suborno da história
-Portal UOl: México abre investigação sobre propinas da Odebrecht no país
-Antagonista: O maior caso de suborno da História é muito maior
-InfoMoney: O maior caso de pagamento de suborno da história
-Folha SP: Odebrecht reconhece ter cometido crimes nos Estados Unidos
-O Globo: Departamento de Justiça dos EUA vê 'maior caso de suborno da história'
-Jornal Nacional: Acordo de leniência expõe corrupção no alto escalão de Lula e Dilma
-BlastingNews: Justiça dos EUA coloca corrupção da Petrobrás como o 'maior caso de suborno da história'
-Veja: Veja quanto a Odebrecht pagou de propina em cada um dos 12 países
-Clarin (Argentina): Los Kirchner, involucrados en el escándalo de Odebrecht
-La Prensa (Panamá): Así reflejan medios internacionales el escándalo de los millonarios sobornos pagados por Odebrecht
-El País (Espanha): A propina da Odebrecht fora do Brasil: Venezuela, Argentina, Peru e Angola

0 comentários:

:::GUIA COMERCIAL:::

:::Curta-nos no Facebook:::

Siga-nos G+

  © Dicas de Santos. Todos os direitos reservados - 2008.Tema adaptado porSTUDIO6DIGITAL

Volta paraInício